Para receber atualizações e novidades:

Blog

Mega Artesanal 2017: Decoraçāo, Organizaçāo e Eventos

24 de Julho de 2017 Kalinka Carvalho

No dia 16 de julho de 2017, domingo estive na Mega Artesanal 2017 em Sāo Paulo, a maior e mais importante feira de artesanato da América Latina e única do setor que cobre toda a rede, inclusive confeitaria e festa, corte e costura. Ela aconteceu nos dias 11 a 16 de julho, sendo que no dia 11 foi aberta exclusivamente para lojistas e de 12 a 16 para o público em geral. Foram mais de 300 expositores das mais variadas técnicas, além de milhares de cursos, demonstrações e lançamentos. A organizaçāo do evento é da WR Sāo Paulo. Imagine um local com tudo relacionado à artesanato: técnicas, peças prontas, materiais, ferramentas, oficinas, palestras, etc. 

 

Com um olhar de profissional de organizaçāo pude perceber que a organizaçāo está muito presente nesse mercado. Teve um pouco de tudo, como cartonagem, patchworkscrapbook, decoração em MDF, pintura em tela, pintura em tecido, roupas e acessórios, peças em feltro, modelagens em biscuit, artigos de festa e trabalhos com costura e bordado. Usando as técnicas de artesanato é possível reutilizar e produzir objetos organizadores personalizados, luto pela educaçāo do mercado de organizaçāo, levando em conta sempre uma visāo mais sustentável e de valorizaçāo a peças artesanais.  

 

Como a feira é muito grande ela foi dividida em 7 setores, representados por cores nos tapetes:  

  • Pátio da Indústria (azul claro): reuniu empresas como: Singer, Tok e Crie, Janome, Condor, Dremel e Feltros Santa Fé
  • Paço do Comércio (vermelho):  programas de TV e empresas voltadas para o comércio de artesanato, tais como: Elo7, Peter Paiva, Ana Cosentino, Vitrine do Artesanato, African Artesanato, Ateliê na TV, Arte Brasil e Arte Fácil.
  • Espaço Patchwork (verde): reuniu principalmente expositores que trabalham com patchworkquilt e bordados. Nesse espaço, eram vendidas peças como bonecas de pano, colchas, toalhas bordadas, réguas, bolsas, além de projetos para serem executados em casa.
  • Espaço Ateliê (laranja): reuniu editoras do segmento artesanal (como a Ambientes e Costumes e a Quenn Books), além de peças em biscuit e produtos voltados para o público geral da feira, como caixas decoradas, carimbos e embalagens para lembrancinhas.
  • Praça do Artesão (azul escuro):  pequenos e médios artesãos apresentaram trabalhos diversificados, como peças de vestuário, acessórios e peças utilitárias.
  • Artesanal Confeitaria & Festa (rosa):  foram apresentadas mesas montadas, artigos de festa e lembrancinhas. Além disso, o visitante interessando em confeitaria teve a oportunidade e participar de cursos na área.
  • Espaço Corte e Costura (roxo):  esteve presente vários ateliês voltados para vestuário, além de comerciantes de artigos para costura e aviamentos.

Aconteceram atividades como cursos, oficinas, palestras abertas ao público, elas era ministradas pelos grandes nomes do artesanato e empreendedorismo. Uma pesquisa inédita do Clube de Artesanato durante os meses de maio e junho / 2017, com 3.649 pessoas, apontou que 49% dos entrevistados fazem artesanato para ganhar um dinheiro extra, porém apenas 17,7% estão formalizadas como MEI, 45,8% disseram que não têm interesse em se registrar e 21,5% que não saem da informalidade porque não têm incentivos do governo e nem como arcar com os custos altos de uma empresa. Ainda de acordo com a pesquisa, em 63% dos lares há apenas uma pessoa com trabalho fixo e, em momento de crise, as artes manuais e o artesanato ajudam 56% dos entrevistados a aumentar a renda. Além disso, 31% sustentam entre duas e quatro pessoas com os ganhos obtidos a partir da venda das peças.

 

Quem já acompanha o blog, percebeu que sempre dou dicas da faça você mesmo para aproveitar o que você já tem em casa para se organizar. Essa percepçāo é o que podemos chamar de sustentabilidade, podemos reutilizar objetos que iríamos jogar fora para organizar e decorar a casa. As técnicas de artesanato nos ajudam muito a dar uma cara nova a esses objetos ou o que chamamos de  "resignificar". Esse termo é utilizado para quando pegamos um objeto de valor sentimental e damos um up grade nele para que possa ser usado em nosso dia a dia. Exemplos: sabe o primeiro macacāo do seu filho que você guarde naquela caixa, que tal enquadrar e colocar no quarto e aquele 

Vejam algundos dos meus achados durante a feira: 

 

 

Stand Dona Doida Ateliê - Par sem meia - Uma ideia legal e funcional para encontrar as meias perdidas.

Aqui no blog tem post falando sobre elas ensinando como dobrar meias

 

 

Stand Dona Doida Ateliê - Organize o Kit de Pintura do seu filho, local para colocar o livro de colorir e os lápis.

Tem post aqui no blog ensinando como organizar seus lápis de cor. 

 

 

Facinos Tecidos autocolantes - Organizadores personalizados para dar alegria ao seu lar.

Aqui no blog tem post de como organizar maquiagem e medicamentos

 

 

Exposiçāo de Scrapbook - Excelente para resignificar objetos e fotos 

 

 

Ubiratam Fonseca Arte em Arame - Para organizar fitas e linhas em ateliês 

 

Espero que tenha gostado do post, aproveite e veja os "Faça Você Mesmo" para aprender a fazer seus próprios organizadores. 

 

 

Informações: 

www.wrsaopaulo.com.br

Data: 11/07 a 16/07/17 (11/07 apenas para lojistas, imprensa e convidados)

Local: Sāo Paulo Expo (Antigo Imigrantes) 

Horário: das 10h às 18h (Dia 16/07 das 10h às 17h) 

Ingressos: Inteira: R$ 20,00  /  Meia-entrada: R$ 10,00

Vans gratuitas: na estação Jabaquara do metrô, durante todos os dias

Assinatura