Para receber atualizações e novidades:

Blog

Como organizar o kit básico de ferramentas?

11 de Junho de 2014 Kalinka Carvalho

Pode parecer só coisa de homem, mas nāo é, assim como temos o kit de costura básica é preciso ter algumas ferramentas em casa para pequenos reparos, consertos de emergência ou pendurar quadros. Elas devem estar sempre à mão. Caso o conserto for mais complicado, não se arrisque e  procure ajuda de um profissional.

 

Sugestāo de itens:

  1. Martelo: escolha um que tenha o cabo de 15 a 25 cm de comprimento para servir como alavanca e que já possua uma bifurcação na ponta para retirada de pregos.
  2. Pregos de aço (10 e 15 mm), parafusos com buchas  (6 a 8 mm), porcas e arruelas: tenha variedades e organize por tamanho e tipo.
  3. Chaves de fenda e chaves Philips: prefira comprar um jogo completo com 3 a 5 medidas diferentes para cada jogo e que seja de material resistente. A primeira é  usada para girar, apertar ou afrouxar parafusos com fenda. A segunda usada em parafusos tipo Philips ou estrela, é comum em eletroeletrônicos e eletrodomésticos.
  4. Alicates de corte e de pressão: um é para corte de fios e outro para apertar, se preferir pode ser um alicate universal ele corta fios, cabos e arames, além de apertar e retir pregos. O cabo dessa ferramenta deve ser reforçado e emborrachado, para evitar choques e a alta tensão.
  5. Chave de boca ou estrela: utilizada em porcas de parafusos, tem forma de "U", com tamanhos diferentes em cada ponta. Tenha um jogo com com 3 a 6 tamanhos diferentes.
  6. Chave de Grifo: usada para desapertar porcas, esta ferramenta ajuda na instalação de itens como torneiras de banheiro;
  7. Trena: ferramenta de medição para tirar diversas medidas. Ex: pisos, paredes e móveis.
  8. Nivel: indicada para alinhar a instalação de quadros, prateleiras, armários, perfurar paredes e outros objetos.
  9. Estilete e Tesoura: ideal para diversos tipos de corte.
  10. Furadeira e brocas: compre apenas se for utilizar com frequência. Ela perfura diversas superfícies de parede, madeira e metais. O recomendado é possuir cinco brocas para madeira e outras cinco para concreto.
  11. Fitas são sempre muito úteis nos reparos domésticos. Tenha a isolante, veda-rosca e crepe: a primeira serve como isolante elétrico para cabos e instalações elétricas. A segunda é utilizada para eventuais vazamentos em canos. E a última é multiuso, entre outras funções, pode ser usada para forrar paredes na hora da pintura.
  12. Lápis, borracha e régua: servem para fazer marcações.
  13. Multímetro ou chave de teste: faz a medição e avaliação das correntes elétricas.
  14. Cola de madeira e cola instantânea: serve para colar.
  15. Laterna e pilhas: útil na falta de luz.
  16. Serrote ou arco de serra (serrinha): serve para cortar tubos de PVC, pequenos pedaços de madeiras e até objetos de aço.
  17. Extensāo e benjamins: utilizada em equipamentos com cabos curtos. 
  18. Chave Inglesa: é uma ferramenta que facilita mecanicamente a aplicação do torque para girar parafusos e porcas.
  19. WD-40 é um óleo utilizado como limpador, lubrificante e como solução anticorrosiva.
  20. Escada: para consertos em locais altos.

 

Dicas:

  • Sempre confira preço e qualidade, pois as marcas possuem itens de primeira e segunda linha.
  • Desligue a chave geral quando for fazer reparos na parte elétrica
  • Feche o registro de água quando for fazer reparos em pias e chuveiros.
  • Use régua e trena sempre que for pendurar um quadro ou fazer qualquer outro furo nas paredes para evitar que as peças fiquem tortas ou mal colocadas.

 

Como organizar? Numa caixa ou maleta que seja de fácil transporte, pode ser de plástico, ferro ou madeira. Escolha uma resistente e com espaço adequado a todas as ferramentas e acessórios. Deixe em local seguro e visível.

Adquira os itens aos poucos conforme sua necessidade e compre itens que serão usados constantemente. Para nāo esquecer nada baixe grátis a lista de ferramentas.

 

Bons consertos!

Assinatura