01

Entrevista com a Personal Organizer: Joana D'arc

Segunda-feira, 29 de Abril de 2019

No entrevista com a Personal Organizer de hoje, recebo uma pessoa muito especial, ela sempre esteve comigo aqui no blog, mas ainda nāo tinhamos entrevistado ela. Ela já escreveu os artigos: 3 dicas para gerenciar seu tempoEstabelecer objetivos melhora o uso do tempo e 8 dicas para melhorar o uso do tempo. Hoje vamos conhecer um pouco sobre sua trajetória nesse mercado de organizaçāo e produtividade. A Joana foi uma das primeiras personal organizers que conheci que o foco era voltando para produtividade, assim como eu, mas era coach. Além do nome forte que possui, ela é uma mulher de muito força que tem como objetivo ajudar outras mulheres. Vamos conhecê-la? 

 

 

Joana D'arc Souza é uma empreendedora que tem como propósito difundir a Organização pessoal e Produtividade de forma ampliada: além do planejamento e da organização doméstica, com leveza e bom humor através de ferramentas de Coaching e Consultoria, para ajudar as pessoas a terem equilíbrio, produtividade, re$ultado, leveza e qualidade de vida. Certificada no método triade da Produtividade. Co-autora do Livro Coaching para Mulheres, da Editora Mulheres que Decidem e colunista do Blog Mais Tempo, do Christian Barbosa. Membro do Comite de Comunicação da ANPOP (Associação Nacional de Profissionais de Organização e Produtividade)

 

 

1. Kalinka:  O que é uma personal organizer?

Joana: Personal Organizer é a profissional que ajuda as pessoas a encontrarem as melhores soluções para Organização de forma funcional , que atenda as necessidades do cliente.

 

 

2. Kalinka: Como funciona o trabalho de uma personal organizer?

Joana: Existem varios nichos na atuação de personal organizer, de forma geral fazemos uma visita tecnica de avaliação para depois orçar e executar o serviço e depois de 30 dias, em media fazemos uma visita de avaliação. Esse script pode ser usado tambem por quem faz consultorias e demais serviços alem da Organização Residencial e Corporativa, como é o meu caso.

 

 

3. Kalinka: Quem são as pessoas que precisam de uma personal organizer?

Joana: Aquelas que percebem a Organização como algo necessário para melhorar a qualidade de vida e a produtividade, em geral dizemos que todos precisam de uma ajuda nossa, mas na pratica vejo que ainda há uma certa dificuldade em alguns casos para essa percepçao, por isso nao generalizo. 

Fonte: Arquivo Pessoal da Joana

 

 

4. Kalinka: A quanto tempo você trabalha como personal organizer? Porque resolveu ser personal organizer? O que mais gosta de organizar? 

Joana: Eu sou personal organizer desde 2013. Minha carreira foi construida no Jornalismo ao longo de 10 anos, apos uma perda pessoal e a gravidez da minha segunda filha tomei coragem para mudar. Recebi um processo de coaching e vi que a Organização estava em mim. Fiz os cursos de Home e Treinamento de Empregada pela OZ! em 2013, em 2014 quando voltei da licença-maternidade, fui na 1a POB e comecei a fazer consultorias de gestão de tempo ( serviço que me foi orientado pela Helena Alkhas ao receber uma consultoria dela). Em 2015 fiz a minha formação em Coaching e passei a aliar a Consultoria pessoal e o Coaching na minha atuação como especialista em Organização em Pessoal. Em 2016, tive minha terceira filha e hoje meu trabalho consiste em primeiramente aplicar em mim os meus conhecimentos para ajudar as pessoas a se organizarem de forma integrada nas diversas areas da vida: ajuda-las a se conhecerem e se empoderarem das suas escolhas para protagonizarem suas histórias.

 

 

5. O que é necessário para se tornar uma personal organizer?

Joana: Ter técnica, entender que é fundamental empreender e ver a atuação profissional como um negócio que precisa ser bem gerido, encontrar seu diferencial, gostar de pessoas, ser boa ouvinte, se atualizar sobre o mercado.

 

 

6. Kalinka: Onde atua o personal organizer? Há mercado para a profissão? Como é cobrado o valor?

Joana: Sim, há mercado. Porem a concorrencia é alta e por isso é fundamental empreender de forma séria e destacar seu potencial. Existem diversos nichos e diversos perfis de publico por isso é preciso pesquisar e buscar aquele que mais voce se identifica. Em geral a cobrança é baseada em valor por hora base alem dos outros custos e o preço final é dado para um pacote de quantidade de dias estimadas na avaliação inicial, no caso de consultoria como é o meu caso, o calculo é feito basicamente da mesma forma.

 

7. Kalinka: Cite 3 coisas boas e 3 ruins de ser uma personal organizer?

Joana:

Boas 

1. é gratificante ver o resultado do trabalho e a satisfação das clientes

2. Buscar novas soluções seja para a parte domestica ( faço esporadicamente) ou de consultoria é estimulante

3. Rede de ajuda mútua, as colegas que conheço sempre buscam se ajudar

Ruins:

1. a profissão nao ser tao reconhecida pelo mercado

2. Parecer que uma Personal Organizer “só arruma armario” quando na verdade as possibilidades sao inumeras

3. Ver profissionais cobrando abaixo do que merecem

 

 

8. Kalinka: Dê alguma dica de organização ou conselho para nossos leitores:

Joana: Empreenda de forma sólida e busque o seu diferencial

Fonte: Arquivo Pessoal da Joana

 

 

9. Kalinka: Indique algum produto de organização que acha essencial ter:

Joana: Eu uso muito caixas organizadoras de diversos tamanhos e elas facilitam muito o dia a dia, afora isso agenda ou aplicativo para gerenciar tarefas.

 

 

Ela tem um ebook para baixar no site dela:

 

E aí? Demais o trabalho da Joana né? Para acompanhar o seu trabalho, segue suas redes sociais:

www.organizeseutempo.com

Facebook

Instagram 

Linkedin 

 

 

 

 

 

Para receber atualizações e novidades

Redes Sociais

Aplicativo