Para receber atualizações e novidades:

Blog

Entrevista com o personal organizer: Fabio Entler

09 de Julho de 2018 Kalinka Carvalho

Quem disse que só tem mulher atuando no mercado? Já entrevistei aqui no blog: Tadeu Motta, Alexandre Franco, Adolfo BergerAlexandro Borba. Hoje meu convidado é Fabio Entler da Fabio Organizer, ele que veio do mercado de organizaçāo de eventos e decoraçāo e se apaixonou pelo mercado da organizaçāo. Com seu jeito espontâneo e divertido ele encanta todos por onde passa, seu altro-astral e alegria sāo contagiantes!  

 

 

Fabio Entler é um profissional organizer há 20 anos no mercado de eventos, 10 anos no mercado de obras e decorações e recentemente no mercado de Personal Organizer de residências e escritórios. Uma vida organizada é saudável, prática e traz muitos benefícios. Experimente!

 

 

1. Kalinka: O que é um personal organizer?

Fabio: Ao meu ver um personal organizer é aquela pessoa que organiza todos os tipos de itens de acordo com a necessidade diária de seus clientes, facilitando suas vidas de uma forma que seu tempo seja otimizado, usando organizadores já existentes ou adquiridos em suas residências ou escritórios. Esse profissional traz qualidade de vida através de seus serviços.

 

 

2. Kalinka: Como funciona o trabalho de um personal organizer?

Fabio: O trabalho de um personal organizer é feito através do conhecimento dos costumes e maneiras de viver de seus clientes. Primeiramente são feitas algumas entrevistas e o preenchimento de um questionário para se adquirir o tal conhecimento dos costumes e maneiras e a partir desse ponto fazemos um diagnóstico do que melhor funciona em suas vidas e modelamos esse universo, ara que os movimentos desses clientes sejam como uma orquestra, onde todas as notas se encaixam e fluam de uma maneira leve e suave, assim tornando seus ambientes verdadeiros parísos.

 

 

3. Kalinka: Quem são as pessoas que precisam de um personal organizer

Fabio: Ao meu ver todas precisam, pois sempre temos algum lado com falta de organização que esteja nos roubando mais tempo e mais esforços do que precisamos gastar, vamos dizer que é como uma terapia, quem não melhora sua vida com ela? Por mais que muitas vezes sejamos resistentes a isso, se realmente fizermos uma avaliação, veremos que sempre podemos melhorar.

 

 

4. Kalinka: A quanto tempo vc trabalha como personal organizer? Porque resolveu ser personal organizer? O que mais gosta de organizar?

Fabio: Na verdade a 20 anos, mas não foi sempre com organização de residências e escritórios. Um dia estava em casa com uma grande amiga e ela foi quem me disse que eu deveria ingressar na carreira. Ao ver meus armários e todo o resto da casa e sua funcionalidade, ela me disse que não poderia fazer outra coisa que não fosse isso. Logo depois desse dia procurei por profissionalização e não parei mais, afinal entendi que realmente isso era nato em mim e só precisava entender como fazer disso um negócio rentável, pois o resto já sabia fazer com maestria.  Gosto de organizar tudo, desde uma simples pasta de documentos até um grande depósito que me leve alguns dias para concluir o serviço, aliás eu amo organizar e não sei ser diferente. Meu nome é Fabio e meu sobrenome é e sempre foi organização, desde muito cedo em minha vida.

Minha trajetória começou quando fiz Faculdade de Hotelaria e fui morar na Europa, que lá comecei a trabalhar com organização de eventos. Voltei para o Brasil e ingressei em uma grande empresa de organização de festas e nunca mais parei de fazer isso, desde petit comitês até grandes casamentos e eventos corporativos. Depois de muitos anos já na profissão eu quis mudar um pouco e acabei enveredando para o lado de decoração de festas, mudei , mas usando a expertise que já tinha. Passado mais alguns anos comecei a trabalhar com decoração e organização de obras para apartamentos, que me fez ver um novo mundo, com novos horários e hábitos muito diferentes. Por fim fui fazer a especialização em personal organizer e hoje trabalho com todas essas coisas, que apesar de parecerem tão distantes não são, pois percebo ao trabalhar em qualquer uma delas que estou apenas organizando o tempo todo, casas, escritórios, obras, casamentos, petit comitês, agendas, vidas e o que mais houver a necessidade.

 

 

5. Kalinka O que é necessário para se tornar um personal organizer?

Fabio: Ao meu ver para ser um personal organizer precisamos pensar de uma forma organizada, com muita lógica, sempre respeitando a forma de viver de cada um e saber enxergar com os olhos dos outros (nossos clientes), pois de nada adianta eu organizar a casa de um cliente a minha maneira e usando apenas técnicas, o que funciona realmente é entender a dinâmica de cada um e fazer esse universo andar de acordo com a sua necessidade.

 

 

6. Kalinka: Onde atua um personal organizer? Há mercado para a profissão?  Como é cobrado o valor?

Fabio: Em todos os lugares, desde um closet até uma agenda diária ou escolar. Os lugares onde podemos atuar são inúmeros e infindáveis. Acredito que ainda seja uma profissão nova e que precise de assimilação da sociedade, principalmente no Brasil, mas a resposta é sim. A cada dia cresce mais e mais e as pessoas entendem que a organização é fundamental, trazendo o maior dos bens que alguém pode adquirir, que é o bem estar. Esse é um assunto bastante polêmico. O valor é cobrado por hora, mas muitas vezes as pessoas acham que seja caro, pois esquecem que esse tipo de serviço não tem preço, uma vez que temos que ter além do conhecimento muita psicologia para lidar com certas mudanças que trazemos a vida do cliente. 

 

 

7. Kalinka: Cite 3 coisas boas e 3 coisas ruins de ser um personal organizer

Fabio: Boas. A satisfação do cliente, a nítida melhora na vida da pessoa e o meu prazer em ver tudo funcionando como uma engrenagem recém calibrada. Ruins: Clientes resistentes que não nos permitem usar nosso conhecimento, clientes que não participam da organização dificultando o trabalho e as vezes até mesmo comprometendo o sucesso do mesmo e clientes que desvalorizam nosso trabalho não querendo pagar o preço que vale.

 

 

8. Kalinka: Dê alguma dica de organização ou conselho para os nossos leitores

Fabio: Uma grande dica e até mais do que isso é fazer a manutenção do serviço para não perder o investimento. Procurar sempre voltar com os objetos para os seus lugares e não acumular coisas desnecessárias são uma forma muito boa de fazer a manutenção.

 

 

9. Kalinka: Indique algum produto de organização que ache essencial ter

Fabio: Indico ter sempre os objetos guardados em caixas com ou sem divisórias, pois acredito ser a melhor, mais fácil  e mais bonita forma de organizar.

 

 

Fabio esteve no palco da 4ª Conferência Personal Organizer Brasil mediando o painel Cases de Sucesso junto com Carol Rosa, Paula Furlan, Jessica Caroline

 

 

Para saber mais sobre o trabalho do Fabio ou contratá-lo, segue os contatos: 

Cel: (11) 99632-8174

E-mail: fabioorganizer@gmail.com

Facebook

Instagram

Pinterest

Assinatura