01

Vida de Empreendedor: Jacques Zetune

Sexta-feira, 02 de Agosto de 2019

Hoje no vida de empreendedor recebo Jacque Zetune, ele é Especialista em Soluções e Software de Inovação e também Consultor de Treinamento Metodologia GTD - Produtividade pela empresa Call Daniel, ele revelou quais sāo as suas ferramentas de organizaçāo e produtividade e como ele se organiza como empreendedor. Vamos conhecer sua trajetória? 

 

 

Jacques Zetune formou-se em Engenharia Civil na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI-USP). Fez o MBA em Finanças e Tecnologia da Informação na Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP). Por cinco anos trabalhou no Grupo Abril e Grupo Aro Cobansa liderando e gerenciando times de TI. Desde 1991 empreende em duas áreas pelas quais é apaixonado: Software e Treinamento. Prestou serviços para empresas como Grupo Gerdau, Banco Itaú, Genomic, Instituto Hermes Pardini entre outros. É casado com Ivani Zetune, dentista com quem tem dois filhos, Rafael de 18 e Felipe de 13 anos.

 

1. Kalinka: Quais são as principais características que você̂ julga importante em um empreendedor?

Jacques: 

  1. Saber exercer liderança: sozinho não se chega a lugar algum.
  2. Ter visão: conseguir sair do dia-a-dia e enxergar adiante
  3. Saber cair e levantar: tem que ser resiliente, aprender com os tombos e saber crescer com eles.

 

 

2. Kalinka Quem é sua referência, guia, mentor, guru e por quê?

Jacques:  Para mim essa questão de referência vem de duas formas diferentes: através do estudo e de leituras das ideias de personagens que às vezes nem estão mais vivos ou da convivência com pessoas próximas. No campo do empreendedorismo admiro demais a trajetória de Chris Gardner, cuja história inspiradora foi enredo do filme Em Busca da Felicidade, estrelado por Will Smith. No campo da Produtividade: David Allen, criador do método GTD. Escreveu o livro há mais de 20 anos e ainda é tão atual, tão relevante. Isso é admirável. Conheci pessoalmente o David em Amsterdam em junho desse ano. Já no meu convívio, eu me considero um cara de muita sorte, tenho referências muito positivas. Daniel Burd, além de ser o responsável por trazer o GTD ao Brasil foi quem me apresentou o método. Também me ensinou a prática da Meditação. É uma referência como empreendedor e pessoa. Alguns dos meus amigos da época de adolescência foram fundo na área acadêmica: fizeram mestrado, doutorado, pós-doutorado: Tsen Chung Kang, Marco Queirós, Denis Forte e Mário Rittner – além de mentes geniais são também grandes pessoas, um convívio que me enriquece e motiva bastante. Minhas referências familiares são muito fortes: meu falecido pai era filho de imigrantes e teve que começar a trabalhar muito cedo. Formou-se em Direito pela USP depois de casado. Não foi nada fácil, ele trabalhava o dia todo em São Caetano do Sul e estudava à noite no Largo São Francisco. Ele sempre valorizou muito a questão da Educação e do Conhecimento para os filhos. Minha mãe Eva Zimerman tem saúde de ferro e mente afiada. Passou por momentos difíceis como a perda precoce dos pais e a separação. Também se formou em Direito na USP (quando já tinha 2 filhos), prestou concurso público e trabalhou até pouco tempo atrás.  Pratica esportes e ama demais a vida, curte os filhos e netos. Em maio desse ano ela estava no Uruguai representando o Brasil num torneio de tênis sul-americano que reuniu mais de 1000 mulheres e trouxe para cá a medalha de vice-campeã.  Meu irmão, Alex Zetune imigrou para os Estados Unidos há mais de 20 anos e, apesar da distância, é uma das pessoas com quem eu mais falo e me relaciono. Apesar de 5 anos mais novo, ele é um guru para mim em diversos temas.

 

3. Kalinka: Como você organiza suas tarefas e compromissos?

Jacques: Já faz vários anos que implementei a Metodologia Getting Things Done (GTD) em minha vida pessoal e profissional. Meus afazeres são organizados em dois lugares: aqueles que têm alguma data associada vão para o meu Calendário. Os outros vão para o OneNote.

Fonte: Arquivo Pessoal Jacques

 

 

4. Kalinka: Como organiza seus projetos?

Jacques: Tenho uma lista de Projetos que fica no OneNote. Nessa lista tenho os nomes dos meus projetos pessoais e profissionais. Alguns exemplos:

  • Organizar o Bar Mitzvah do meu filho
  • Concluir o tratamento de canal
  • Planejar as férias com a família
  • Preparar a entrevista com a Kalinka

Muitos projetos têm materiais de suporte como e-mails, documentos, planilhas, links etc. Esses ficam em um arquivo separado que consulto quando estou trabalhando no projeto. Itens físicos como papeis, cadernos, pastas etc. vêm diminuindo, mas ainda são uma parte importante. Gosto de organizar em pastas com abas que facilitam a localização.

Fonte: Arquivo Pessoal Jacques

 

 

5. Kalinka: Quantas horas por dia se dedica ao trabalho? E a família e amigos?

Jacques: Normalmente dedico de 6 a 8 horas por dia ao trabalho. Em um dia típico, eu e minha esposa acordamos às 6:00 (estou aos poucos mudando para acordar às 05:30). Costumo fazer uma meditação e prece matinal que leva cerca de 10 minutos antes do café da manhã. Então levo meus filhos para a Escola. Divido meus dias da semana em basicamente dois locais de trabalho. No meu escritório no Itaim Bibi (quando geralmente me reúno com alguém da equipe ou clientes) e em casa (quando geralmente trabalho sozinho). Segundas e quintas almoço com a minha mãe. Nos outros dias almoço em casa ou perto do escritório. À noite, gosto de jantar em casa com minha esposa e  com os filhos. Mais tarde, meu lado professor às vezes entra em ação dando algum apoio para os estudos e lições dos meninos. Eu me divirto com eles com alguns games no celular, jogando cartas ou assistindo algum filme ou série juntos. Um dos meus projetos mais importantes do momento é colocar exercícios físicos no meu dia-dia.

 

 

6. Kalinka: Você costuma reservar tempo para ler ou estudar? 

Jacques: Já tentei algumas estratégias. Hoje o que funciona melhor para mim com leituras e estudos relacionados ao trabalho é reservar um tempo no horário de trabalho. Sempre que possível, aloco um tempo de manhã, quando meu rendimento é maior.  Outros tipos de leitura gosto de fazer à noite, antes de dormir. Tenho tentado deixar mais de lado o celular e a TV nos momentos que antecedem o sono. Mas nem sempre consigo (rs rs). Um livro que li esse ano e adorei: A Noite dos Tempos de René Barjavel, ficção científica. Outro foi Atitude Mental Positiva do Napoleon Hill. No momento, estou lendo e curtindo Comunicação Não Violenta de Mashall B. Rosenberg.

 

Fonte: Arquivo Pessoal Jacques

 

 

7. Kalinka: Descreva seu local de trabalho 

Jacques: Em casa tenho uma base onde estaciono o meu notebook. Trabalho com uma tela maior conectada a essa base. Do lado esquerdo tenho algumas pastas físicas (sim, ainda uso papel e gosto dele para algumas situações) com alguns materiais de projetos que estão em andamento. Na minha frente, à direita, dá para ver um pedacinho da varanda com um lindo jardim que é um xodó da minha esposa. Foi ela também que me deu de presente uma linda planta da felicidade (já tem 3 anos). Do lado direito, uma estante com livros para ler. Meu backlog está alto nessa área: vários livros legais comprados e não lidos!

Fonte: Arquivo Pessoal Jacques

 

 

8. Kalinka: Você acha que a organização é importante no empreendedorismo? Sim ou não e por quê?

Jacques: Sem sombra de dúvida. É fundamental.  A ideia de que ser organizado é o oposto de ser criativo é totalmente equivocada. A organização traz paz mental e abre espaço para novas ideias. Uma mente e um ambiente caótico tendem a fazer com que a gente se dedique apenas às questões emergentes que, geralmente, não são as mais importantes.

 

 

9. Kalinka: Indique alguma ferramenta de organização e produtividade que não poderia viver sem e/ou dê alguma dica de organização ou conselho para nossos leitores.

Jacques: Como Instrutor de Produtividade e consultor, é muito importante estar aberto às novas tendências e experimentar diversas ferramentas. Algo superimportante na Metodologia GTD é anotar. Quando estou em uma reunião presencial, uso um caderno ou bloco de reuniões. Quando tenho uma ideia no trânsito, o gravador de voz. Em casa, bloquinho. Em outras situações, OneNote (computador ou celular). Meus e-mails e agenda acesso pelo Outlook. Minhas listas de afazeres (que no GTD chamamos próximas ações) estão no OneNote. Lá, tenho também um caderno com meu material de referência. Tenho utilizado cada vez mais mapas mentais. Minhas ferramenta favorita é o FreeMind.

 

Fonte: Arquivo Pessoal Jacques

 

 

A primeira dica que eu gostaria de dar aos leitores é para que cuidem muito bem da mente. Nesse sentido, além do GTD, a prática da Meditação é algo que tem me ajudado muito. Boas leituras, terapia e dedicar tempo à espiritualidade também ajudam muito.  A segunda: Simplifique! Eu faço constantemente uma reflexão no sentido de tornar tudo o mais simples possível, para que não seja chato ou trabalhoso manter o meu sistema atualizado. Antes de usar o GTD eu já me considerava um cara organizado, mas hoje eu sei que gastava muito tempo e energia para isso. Por exemplo, usava mais de 100 pastas para organizar meus e-mails. Hoje uso apenas 4 pastas, uma redução drástica mas que foi decisiva para que eu me tornasse produtivo nessa área. Finalmente, nunca perder de vista ou esquecer que a Organização não é um fim, ela é apenas um meio com o propósito básico de nos servir, de nos apoiar em nossa vida pessoal e no trabalho.

 

Acompanhe o trabalho do Jacques, ele é instrutor da empresa Call Daniel em GTD 

Linkedin

jacques.zetune@calldaniel.com.br

Para receber atualizações e novidades

Redes Sociais

Aplicativo