Para receber atualizações e novidades:

Blog

10 mandamentos para organizar a vida:

15 de Maio de 2015 Kalinka Carvalho

Fonte: Kalinka Carvalho

 

A japonesa Marie Kondo tem 30 anos e é conhecida como “guru” mundial da arrumação. Quando criança Marie lia muitas revistas sobre o assunto e aos 15 anos começou a desenvolver técnicas.  Ela iniciou sua carreira no ramo da arrumação como consultora particular, atualmente ela é palestrante e continua dando consultorias, porém a lista de espera é de 3 meses. 

Ela é autora do best-seller “A mágica da arrumação”, da editora Sextante, lançado esse mês no Brasil, também escreveu outros três manuais sobre organização. Ela se tornou uma das cem pessoas mais influentes do mundo, segundo a revista Time.

O Método KonMari apresenta alguns mandamentos radicais para alcançar o sucesso. Os fundamentos são: a necessidade de reavaliar tudo que se tem em casa e a reorganização do espaço segundo categorias bem definidas. Vamos conhecer os 10 mandamentos e adequá-los ao nosso dia-a-dia?

 

 

1. Arrume tudo de uma vez: Livra-se de toda a bagunça quando iniciar a maratona de arrumação é essencial para evitar que tudo volte a fica desorganizado.

Kalinka: Muitas vezes, arrumar tudo de uma vez por dar um certo desânimo. Na minha opinião podemos sim começar um espaço de cada vez, com a intenção de finalizar o espaço escolhido sempre, assim não desanimamos e temos a sensação do dever cumprido. Leia o post: qual a diferença de arrumar e organizar.

 

2. Antes de organizar, descarte: o primeiro passo é jogar fora tudo aquilo que não precisa. Só quando isso estiver feito a arrumação começa.

Kalinka: Isso é essencial, o descarte é o passo mais importante para começar a organização. Leia o post: quando e por onde começar a organização? e entenda as etapas da organizaçāo. 

 

3. Separe por categorias, não por cômodos: Se você guardar objetos do mesmo tipo em lugares diferentes e arruma um cômodo de cada vez nunca terá uma dimensão da real quantidade de itens que possui.

Kalinka: Categorizar é importante para que você tenha um panorama geral do que possui. Por exemplo: se tem canetas espalhadas pela cada inteira, nunca saberá ao certo quantas possui, quais estão funcionando, etc. Que tal centralizar tudo no escritório e quando precisar saberá exatamente onde está.  

 

4. Comece por itens menos importantes: Objetos de valor sentimental ficam por último, pois são mais difíceis de descartar. A ordem sugerida é roupas, livros, papeladas, itens variados e itens de apego emocional (presentes e lembranças).

Kalinka: Com certeza começar pelos itens sem importância será mais fácil. Descarte lixos, objetos quebrados, objetos duplicados, etc. Leia o post: A importância de se organizar.

 

5. Jogue tudo que não lhe traz alegria: Na hora de decidir o que será descartado, é importante pegar cada objeto das mãos. Nesse processo, avalie se cada um deles traz alegria para a sua vida.

Kalinka: Tenho um lema de vida que é “Alegria atraia alegria portanto sorria e seja feliz”. Guarde objetos que te tragam lembranças boas, que te fazem se sentir bem e feliz. Aqueles objetos que te deixam triste ou trazem lembranças negativas, descarte.  

 

6. Agradeça: antes de descartar um item, agradeça a ele pelo papel cumprido em sua vida.

Kalinka: Em nossa vida temos fases, às vezes queremos muito alguma coisa usamos e depois elas passam a nāo ter tanta importância, quando esse for o caso, agradeça o objeto e doe a outra pessoa que possa utilizar. Uma dica se quiser guardar uma lembrança desse item tire uma foto. 

 

7. Não há necessidade de itens especiais para organização: use gavetas e caixas já existentes no ambiente.

Kalinka: muitas pessoas usam a desculpa de que nāo tem produtos organizadores e por isso nāo conseguem se organizar. Eu acho que os produtos ajudam em muito, mas nāo precisamos depender deles, podemos ser criativos e usar itens que já temos em casa. Leia o post: 13 jeitos de se organizar usando o que você já tem em casa.

 

8. Dê visibilidade às coisas: na hora de guardar roupas, dobre do jeito certo, o objetivo deve ser deixar cada peça no formato de um retângulo liso, para economizar espaço. Organize com a lógica de uma biblioteca, fazendo com que todos os pertences fiquem acessíveis e à vista.

Kalinka: Leve em consideração que aquilo que você não vê não sabe que tem, então organize de modo que consiga visualizar e pegar na hora que precisar.   

 

9. Evite a intromissão dos parentes e prefira o silêncio: A presença deles pode ter um impacto psicológico negativo nessas horas: na cabeça deles, pode parecer inadmissível ver você jogando certos itens fora. Muitas vezes, a solidão é a melhor aliada na hora de arrumar a casa,  é um exercício de revisão interior.

Kalinka: Organizar suas coisas deve ser prazeroso, eu aconselho a colocar uma música que goste e se concentrar em separar o que deve ou nāo ser descartado. As vezes outras pessoas podem atrapalhar, mas eu acredito que o trabalho pode ser feito em conjunto. 

 

10. Crie um ritual diário: Ao chegar em casa, por mais cansado que você esteja, resista à tentação de ir largando as roupas pelo chão e de entulhar o sofá com bolsas e outros itens. Só relaxe depois de colocar cada coisa em seu devido lugar.

Kalinka: Com certeza isso é primordial para manter a casa em ordem. Cada coisa deve ter o seu lugar, se fizer disso um hábito terá a casa sempre em ordem. 

 

Fontes: Veja e Folha

Assinatura